sexta-feira, 16 de setembro de 2011

O ambientalismo como empresa

Em uma conversa casual durante uma festa, alguém sugeriu que eu poderia contribuir a um assunto, já que eu "era ambientalista". Respondi: "Eu trabalho com meio ambiente, não sou ambientalista". Essa é uma confusão corriqueira dos dois lados, tanto dos ambientalistas quanto do cidadão comum, honesto e produtivo. 
Na minha concepção, ambientalista é aquele ser que acredita piamente que ele dispõe de todas as respostas para salvar as florestas, os animais silvestres, o planeta. Contudo, essas respostas sempre passam pelo sacrifício, não somente o próprio, mas dos outros. Ambientalistas sempre desejam restringir ou proibir o que para a esmagadora maioria da população são vitórias da civilização. A liberdade do indivíduo é dispensável quando confrontada com o bem do planeta. Tudo isso em nome de um futuro utópico em equilíbrio com a natureza.
Como exercício, tentai imaginar o movimento ambientalista como empresa. O resultado está abaixo. 

Movimento ambientalista

Missão
Restabelecer o equilíbrio da natureza, não importa o custo.

Visão
- Tornar a defesa do ambiente um imperativo categórico em qualquer debate sobre qualquer assunto.
- Guiar a humanidade para um novo futuro. 

Valores
- Coletivismo.
- Impessoalidade.
- Messianismo.

Filosofia
- A ciência deve ser subordinada à ideologia.
- Nós somos os detentores da verdade. 
- Vozes divergentes são necessariamente contra a natureza.
- Qualquer custo é válido para atingir nosso objetivo.
- O uso do dinheiro público é uma ferramenta válida para defender nossa visão particular.
- O custo deve ser pago inclusive e especialmente por quem não acredita em nossa ideologia. 

Estratégia 
- Criar cenários apocalipticos para alertar os não-iluminados.
- Juntar-se em associações e organizações para evitar responsabilidade individual. 
- Atuar de forma difusa e em tantas frentes de forma a impedir uma oposição organizada.
- Usar o sistema judiciário para influenciar decisões que deveriam ser técnicas.
- Descaracterizar os opositores como "inimigos do ambiente", "destruidores", ou similares. 
- Criar conselhos, câmaras e fórums de toda sorte, preencher as vagas somente com outros seguidores.
- Anunciar-se como "representante da sociedade" em qualquer circunstância.  
- Doutrinar jornalistas e políticos, entregando-os (nossos) fatos e notícias prontos. 

Nenhum comentário:

Facebook Blogger Plugin: Bloggerized by AllBlogTools.com Enhanced by MyBloggerTricks.com

Postar um comentário