terça-feira, 24 de janeiro de 2012

ONU alerta: navios alteram marés!

Já escrevi antes que uma das coisas que mais me incomoda nos ambientalistas é a facilidade deles em inventar bobagens e falar coisas sem fundamento científico. Vejam abaixo alguns trechos de uma notícia no site da Veja:
A Unesco solicitou nesta segunda-feira que o governo italiano restrinja o acesso dos grandes cruzeiros em áreas ecológicas e culturais importantes. A proibição busca evitar que naufrágios como o do transatlântico Costa Concordia, ocorrido no último dia 13, cause prejuízos ambientais e ao patrimônio histórico. Desde o desastre próximo à ilha de Giglio, na costa da Toscana, há o temor de que as 2.380 toneladas de combustível nos tanques do navio italiano vazem para mar.
"O tráfego de cruzeiros é particularmente prejudicial à frágil estrutura da cidade. Os navios provocam marés que danificam os alicerces dos edifícios, poluem e afetam a visão da cidade ao apequenar os monumentos no centro" da cidade, concluiu a nota. [grifo meu]
Parem os anúncios do prêmio Nobel! Temos uma grande novidade no mundo científico: aparentemente, segundo a UNESCO, navios provocam marés. Esqueçam a atração gravitacional exercida pela Lua e pelo Sol, esqueçam o movimento da Terra. São os navios. 
Li em algum lugar que a ONU é a maior ONG do planeta. E não é somente pelo fato que - como as ONGs - suas ações são mais baseadas em crenças bobas do que em dados científicos. Nem pelo fato que ela - como as ONGs - custa um dinheirão para ações que não ajudam em nada. Até os métodos são os mesmos.
A proposta é que cruzeiros não devem ir a lugares ecologicamente e culturalmente importantes (leia-se: interessantes).  Colocar uma restrição à navegação por conta de algo que tudo indica foi uma série de erros de julgamento de um capitão, em um desastre cuja probabilidade de repetição é mínima é no mínimo um descalabro.
A não ser que você, como eu, queira ir pro Zimbábue, você pode fazer um cruzeiro na costa italiana. Deve ficar bem mais barato e ter várias vagas sobrando quando não se puder ver áreas ecologicamente ou culturalmente relevantes. Ao menos você poderá assistir ao mais recente filme dos Transformers ou Velozes e Furiosos no cinema a bordo. Na verdade, já que os passageiros não podem ver nada culturalmente relevante, poderiam exibir também aquele filminho do Al Gore.

Nenhum comentário:

Facebook Blogger Plugin: Bloggerized by AllBlogTools.com Enhanced by MyBloggerTricks.com

Postar um comentário