sexta-feira, 16 de março de 2012

Balanço da Jornada do MAB contra as barragens

Sobre a tal  "Jornada Nacional de Lutas" do MAB, não há muito o que falar, exceto o diagnóstico que já fiz antes: esse movimento está se acabando, definhando perante a constatação de sua própria inutilidade. 
Vamos fazer um balanço de quem notou a movimentação do MAB nesses últimos dias:
  • Os trabalhadores de Eletrobrás, Furnas, CHESF, Eletrosul, e outras empresas invadidas, que tiveram seus locais de trabalho invadidos por um bando de desocupados;
  • O pessoal da engenharia da UHE Garibaldi, que teve seu prédio incendiado;
  • Meia dúzia de jornalistas simpáticos ao movimento;
  • Os membros do MAB;
  • Eu e meus leitores; e claro, sem esquecê-los
  • Os donos dos botecos perto da Eletrosul.
Vendo as notícias dos grandes portais, só há uma constatação a se fazer: Só se falou em outra coisa!

Nenhum comentário:

Facebook Blogger Plugin: Bloggerized by AllBlogTools.com Enhanced by MyBloggerTricks.com

Postar um comentário